• 31 Out 2018

Em Paris, empresas querem criar o distrito empresarial mais sustentável do mundo

O chamado Les Deux Rives foi projetado para estimular a troca de materiais, serviços e conhecimento de forma sustentável entre as empresas

Fonte: Epoca negócios


RIO SENA, EM PARIS (FOTO: PIXABAY)

A economia circular tem ganhado espaço na agenda política e econômica mundial e tornou-se uma oportunidade para as empresas que querem manter o lucro alinhado à produção sustentável. Em uma crítica à forma de produção que explora recursos naturais e o descarte irregular de resíduos prejudiciais ao meio ambiente, a economia circular surge como uma alternativa.   

Na França, um coletivo formado por 50 empresas que operam em ambos os lados do rio Sena desenvolveu um projeto para criar um distrito empresarial que promete ser o mais sustentável do mundo. O chamado Les Deux Rives (as duas margens) foi projetado para revolucionar o espaço urbano da capital francesa e estimular a troca de materiais, serviços e conhecimento entre as organizações de forma ecológica e sustentável. 

O Le Deux Rives tem como objetivo central a produção sustentável de bens e serviços, reduzindo a geração de resíduos. Fazem parte da iniciativa a prefeitura de Paris, o grupo RATP, operadora estatal de transporte público que administra o metrô da cidade e ONGs. Entre as empresa participantes, estão bancos franceses, hotéis, a Universidade de Sorbonne e o jornal francês Le Monde, um dos principais do mundo.


Empresas sustentáveis


Quarto maior centro de negócios da região metropolitana de Paris, o distrito empresarial concentra 5 mil empresas que juntas geram mais de 100 mil empregos. Questões como mobilidade, redução das embalagens de alimentos e a gestão conjunta de resíduos ainda estão em fase inicial, mas ações concretas que envolvem a economia circular já estão sendo feitas.

Uma das empresas participantes do projeto, o banco francês Natixis, instalou uma horta colaborativa em um de seus prédios. Além disso, outras organizações realizam projetos de reciclagem e programas de incentivo à carona entre os funcionários. Eles prometem também difundir o que der certo para outras áreas da capital.


Fonte: https://epocanegocios.globo.com/Empresa/noticia/2018/10/em-paris-empresas-querem-criar-o-distrito-empresarial-mais-sustentavel-do-mundo.html?utm_source=linkedin&utm_medium=social&utm_campaign=post&fbclid=IwAR0h8ZbA8LqQ36DwrixZtkZoabdeDDQTPERQLn3a3P5OJaUyD